Dois novos procuradores tomaram posse nesta semana em Porto Alegre. No total, 32 procuradores aprovados no Concurso Público 571, realizado entre os anos de 2016 e 2017 já ingressaram na Procuradoria. Na segunda-feira (08), tomou posse Iranildo Lima da Costa Júnior. Na quarta-feira (10), foi a vez de Maria Fernanda Garcia Oliveira. Os novos ingressantes assinaram seus termos de posse, que também foram firmados pela corregedora-geral Clarissa Fernandes Bohrer, e pelo procurador-geral do Município, Carlos Eduardo da Silveira.

 

Confira quem são os novos procuradores municipais de Porto Alegre:

Natural de Solânea, na Paraíba, Iranildo Lima da Costa Júnior, 32 anos, vive atualmente em João Pessoa. É bacharel em Ciências Jurídicas pela UFPB e pós-graduado em Direito Processual Civil pela Universidade Cândido Mendes.

Iranildo trabalhou no TCE-PB como diretor da Escola de Contas do órgão entre 2007 e 2008. Em 2009 assumiu o cargo de Assistente Técnico-Administrativo do Ministério da Fazenda, com lotação no setor de arrecadação da Receita Federal do Brasil. Em 2012, foi nomeado para o cargo de Analista Judiciário do TJPE, onde exerceu funções em Vara de Infância e Juventude, Vara Cível e Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, como assessor de magistrada.

O novo procurador elogia o trabalho da PGM de Porto Alegre: “É instituição vanguardista que conta com o reconhecimento nacional por sua atuação proativa. Tem participação efetiva na formulação de políticas públicas municipais e nos mecanismos de controle da máquina pública”. 

Iranildo vê com grande expectativa o novo desafio e espera contribuir para o funcionamento da instituição, com respeito à lei e zelo pela coisa pública, na busca pelo interesse da coletividade.

Maria Fernanda Garcia Oliveira, 31 anos, nasceu em Salvador (BA). É graduada na Faculdade Baiana de Direito e pós-graduada em Direito Público na mesma instituição. Atuou na área cível e do consumidor até 2018. Desde 2019 trabalhava em uma construtora na área de direito público.

Maria Fernanda comenta que acompanha o trabalho da PGM de Porto Alegre: “A Procuradoria da Capital Gaúcha vem contribuindo firmemente com o fortalecimento da advocacia pública municipal em âmbito nacional, em especial no que concerne a defesa dos interesses públicos”.

A nova procuradora afirma que espera contribuir sendo um agente transformador da sociedade, orientando a administração na observância dos princípios de Direito.